Indicações lindas do Indiretas do Bem de séries com diversidade no DNA lá na Netflix

Esses dias, por conta do lançamento de O Mecanismo, um movimento de cancelar a assinatura da Netflix teve início por conta de um jornalista fazendo pirraça. Depois de ser criticado por sua atitude, ele escreveu um texto dando motivos para você cancelar também.

Pelo que vi comentarem do texto (eu não leio o moço já tem anos), este fala de séries e filmes ruins e todo mundo se sujeitando a assistir isso só para “se sentir incluído”.

Bom, eu tenho vários motivos para continuar e aconselho muito a vocês confiarem mais no algoritmo da plataforma que na indicação de amigos (outra coisa sobre a qual já vi reclamarem muito é sobre as tais “séries” que você tem que ver, você não tem que fazer nada): o que eu mais vejo na Netflix é documentário e série estranha e, por conta disso, o algoritmo me traz mais documentário e série estranha e ficamos muito felizes.

Há dois anos mais ou menos foi mais ou menos isso que eu ouvi do presidente da Netflix aqui para o Brasil: “as indicações nunca serão as mesmas para todos porque nosso objetivo é entregar o que você gosta sem que você precise se preocupar se aquele conteúdo é um sucesso de audiência como nos canais de televisão (sim, depois disso eles cancelaram algumas produções que não tiveram audiência boa, mas a relação custo x receita vale mais que duas pessoas só assistindo algo, por mais barulho que se faça sobre isso)”. Pra mim, funciona. Talvez seja porque eu nunca me “encaixei” mesmo.

Agora aproveita e dá uma olhada nessa lista ótima de indicações de séries com diversidade no DNA que o Indiretas do bem publicou.

Leave a Reply