Grey’s Anatomy: Go Big or Go Home (14×03)

Continuamos em velocidade de cruzeiro em Grey’s Anatomy: episódios divertidos, emocionantes e com ótimas histórias… Mas toda a chatice da Amelia ser culpa de um tumor cerebral é um tanto questionável, não é verdade?

Sim, eu gostei da chegada do novo médico arrogante (serão todos os médicos neurocirurgiões arrogantes ou alguém da equipe de roteiristas teve uma péssima experiência com um deles?), de DeLuca tentando contar para Maggie o segredo de Amelia sem contar diretamente, Amelia tomando consciência do que estava acontecendo com ela e questionando suas ações e de Richard tentando estar ali por ela.

Mas não, não gostei quando, na primeira vez em que Owen se posicionou com relação a tudo que Amelia o faz passar, ele acaba sabendo sobre o tumor e isso sirva de desculpa para tudo que ela fez. Talvez se tivesse acontecido há algum tempo, antes de eu detestá-la da forma como detesto, eu poderia achar uma ótima saída para a história da médica. Por enquanto apenas acho que estão dando um “cartão livre da cadeia” para uma personagem que não merece.

Na verdade, o nosso novo médico falou aquilo que todos nós gostaríamos de falar: ela estava agindo desse jeito e ninguém percebeu que ela estava agindo como louca?

Dizem – a Tatá disse que disseram para ela, na verdade – que sentiremos mais simpatia pela Amelia nos próximos episódios. Estou pagando para ver.

Só que nem só de drama podemos viver (parece que eles aprenderam a lição) e um dos melhores momentos do episódio coube a tragicômica cena da morte do avô de Jackson, logo depois de ter demitido Bailey e de todos nós estarmos o odiando loucamente. Ou melhor, a cena seguinte com Jackson, Bailey e Catherine fazendo discursos de duplo sentido sobre a morte do tirano foi sensacional, valeu ouro mesmo.

Finalmente, mas não menos importante: Meredith. Eu já disse e faço questão de repetir o quanto estou amando essa fase em que vemos claramente o quanto ela evoluiu e a rabugice dela neste episódio apenas serviu para confirmar isso. Ela estava brava por ver Nathan jogar fora a chance de ter seu grande amor de volta, coisa que ela nunca terá e assim que percebeu que esse era o problema foi lá e falou o que precisava para o moço.

P.S. Jackson e Maggie não sabem direito o que fazer com as mãos, como agira. Eu tenho simpatia pelo casal – sim, eu sei que sou minoria.

P.S. do P.S. E o drama parece também ter deixado o barco de Jo e Karev. Continuo não morrendo de amores pelo casal, mas se o Karev estiver feliz, eu estarei.

P.S. do P.S. do P.S. Quem já viu Mad About You não ficou surpreso com a “técnica” da irmã de DeLuca para induzir o parto.

Leave a Reply