The Last Kingdon (O Último Reino): Episódio #2.1 (2×01)

Saxões e daneses estão de volta e, ao que parece, a segunda temporada de The Last Kingdom não vai perder tempo em explicar muita coisa: Alfredo está mais confiante após sua vitória e já tem planos para ampliar seu domínio, Uhtred está mais do que nunca disposto a se vingar e vem mais gente para a briga – não consegui guardar o nome de tantos novos personagens de uma vez, mas sem sombra de dúvida estou bem preocupada com o que Kjartan poderá fazer com nosso “herói”.

Ainda mais considerando que Uhtred ainda está afogando seu luto em muito vinho e mulheres. Acho que por isso que eu gostei tanto de que sua nova acompanhante de viagem seja uma freira que não quer nada com ele. Na verdade Hild é mais uma amostra de como esses roteiristas (e Cornwell) sabem escrever ótimas personagens femininas: ela fala com Uhtred de igual para igual enquanto admite estar ao lado dele porque ele a respeitará a os outros terão medo, ao mesmo tempo eu tenho certeza de que ela ainda vai tirá-lo de várias enrascadas.

Outra personagem feminina que retornou foi Brida, negociando com Alfred ao lado de Ragnar. Acho interessante eles sempre pontuarem a forma diferentes como saxões e daneses tratam suas mulheres – ainda que Brida continue sendo a mesma cabeça quente de sempre e que isso quase nunca seja uma boa tática diplomática.

Agora, eu fiquei com uma impressão forte de que Alfred talvez esteja confiante demais e que, por isso, ele tente enganar os daneses, acabando por pagar caro por seu erro. Ainda mais considerando que, pelo que o episódio mostrou, a fama pela vitória alcançada sobre Guthrum está mais para Uhtred do que para ele. A ver.

Sobre o tal novo rei que Uhtred ajudou? Eu sinceramente fiquei confusa com a trama e definitivamente não confio em Abbot (que não confia em Uhtred). Tenho medo que ele tenha escolhido errado seu novo aliado.

Querendo ou não, como o episódio também demonstrou: enquanto Uhtred tem ótima visão de batalha e uma malícia que muitas vezes falta aos ingleses (o plano do cavaleiro da morte foi bastante esperto), Alfred tem uma ótima visão política. Os dois juntos se complementam muito bem e eu não sei dizer qual dos dois perde mais com o afastamento.

P.S. Uma olhada rápida em Leofric nas cenas da temporada passada foi o bastante para apertar meu coração. Sentirei muita falta desse saxão!!

P.S. do P.S. O alívio cômico acabou vindo da reação sempre cética de Uhtred a qualquer coisa ligada à religião.

P.S. do P.S. do P.S. Como um amigo americano fã da série disse: ninguém chama Bob nessa série, né? A impressão geral é que alguém está jogando as letras em um tabuleiro e o que ficar, ficou, mesmo que faltem vogais.

2 Comentários em “The Last Kingdon (O Último Reino): Episódio #2.1 (2×01)”

  1. Cleide

    A série consegue tão igual a Game of Thrones no quesito nomes, até hoje não consigo guardar os nomes.

    O History me deixou decepcionada por não colocar a série no NOW, com apenas uma reprise na madruga de terça pra quarta é muito pouco em caso de se perder o episódio.

Leave a Reply