FOX App chega ao Chromecast – e suas regras que ninguém entende

A FOX Networks Group Latin America anunciou nesta semana que os fãs no Brasil já podem assistir às suas séries e jogos ao vivo disponíveis no FOX App utilizando o  Chromecast do Google. A novidade com certeza vai agradar a quem faz questão de assistir aos seus programas favoritos na tela da televisão, ao invés de no celular ou tablet, e ainda não possui uma smart TV.

Para ver o conteúdo através do dispositivo é muito rápido e simples: o usuário deve apenas ter conectado seu dispositivo Chromecast em sua TV através da porta HDMI e na rede WiFi, entrar no FOX App em seu smartphone ou tablet e enviar o conteúdo pressionando o ícone “cast”.

O FOX App oferece aos assinantes do canal em operadoras de TV paga e a clientes do serviço FOX Premium somente com Internet de todo o Brasil acesso direto às novas séries e temporadas e toda a adrenalina com os jogos ao vivo e exclusivos para desfrutar no momento que desejar e onde quiserem. Isso contempla desde a possibilidade de acessar ao portfólio completo de canais Premium de entretenimento em live streaming, estar em dia com diversos episódios de temporadas que estão no ar, e assistir às temporadas anteriores completas sob demanda.

“Continuamos a expansão de nosso App da FOX com as novas ferramentas disponíveis que permitem aos nossos fãs cada vez mais conectados, acessarem como e onde quiserem as suas séries e esportes preferidos ao alcance de um clique”, afirmou Juan Solá, EVP Digital Consumer da FOX Networks Group Latin America. “Estamos focados em oferecer um produto cada vez mais robusto, ágil e amigável para todos os membros da família e somaremos novas funcionalidades nos próximos meses, que irão melhorar ainda mais a experiência do fã”.

Anteriormente o Fox App já estava disponível em smart TVs (Samsung, LG, SONY, Phillips, Sharp e Android TV); Smartphones e Tablets com sistemas iOS, Android e Windows; além do console Xbox One e da AppleTV.

***

Mas nem tudo são flores, não é mesmo? Aqui mesmo no blog, após uma passada rápida de olhos nos comentários dos leitores, podemos identificar uma insatisfação bastante grande dos assinantes dos canais do grupo com relação ao aplicativo.

E isso porque, depois de retirar seus programas da Netflix e de retirar as suas principais séries dos canais básicos levando-as para os canais Premium, a FOX ainda não conseguiu ser clara o bastante com relação às regras que determinam qual assinante pode acessar qual conteúdo. E a coisa não ficará clara nem mesmo agora.

Inicialmente havia um entendimento geral de que as séries dos canais básicos, FOX Life, FOX e FX, ficariam disponíveis aos assinantes destes no aplicativo até 30 após sua exibição na TV. Para acesso ao conteúdo passado ou a episódios inéditos o assinante precisaria também ser assinante do pacote Premium, que hoje pode custar por volta de trinta e nove reais, dependendo de sua operadora.

Pois bem, depois de muitas reclamações com relação à This Is Us, que é exibida no canal FOX Life mas só é acessível através do aplicativo para assinantes Premium, fui lá de novo perguntar ao pessoal da assessoria o que realmente vale e o que eu ouvi não foi exatamente o que eu esperava:

“Na verdade não há uma regra para todos os conteúdos. Tudo depende da negociação dos contratos de cada conteúdo, enfim, não tem como ter uma regra só.”

Ou seja, tudo pode acontecer – ou, como os antigos como eu diriam, a cada mergulho é um flash.

Eu particularmente penso: que merda!! Uma coisa é você me falar que não tem como colocar Rosewood em streaming, por exemplo, porque no Brasil não tem os direitos de exibição desta forma e então ninguém tem acesso, outra é você tirar acesso ao qual a pessoa teria direito por conta de seu pacote de assinatura – ainda que Universal e History Channel já tenho conseguido dar um jeito nisso no passado, a primeira deixando no aplicativo os episódios de Elementary da semana, pelo menos, o segundo colocando os episódios de The Last Kingdom no serviço NOW da Net. Nos dois casos, aqui no país, os direitos de exibição destas séries por streaming são da Netflix.

Eu confesso que acho essa apenas mais uma manobra da FOX para forçar seus assinantes a comprarem seus canais mais caros. Assim como fez quando tirou as séries como Homeland, American Horror e outras dos canais básicos, continuo achando a estratégia tremendamente infeliz. Querem oferecer novos canais? Ótimo, ofereçam novo conteúdo, estreiam novas séries por lá, não deixem a ver navios quem foi assinante fiel até aquele momento.

Além disso, ou principalmente: primeiro invista em um boa plataforma antes de querer convencer as pessoas a migrarem, hoje o aplicativo da FOX dá vários problemas nas diferentes plataformas, é lento, muitas vezes trava e não torna amigável acessar o conteúdo que você acompanha por lá.

2 Comentários em “FOX App chega ao Chromecast – e suas regras que ninguém entende”

  1. Vitor

    Sou assinante do canal FOX na Oi Tv. Mas ao acessar o FOX Play e tentar assustir conteúdos que passam no naval FOX, sou bloqueado dizendo que não sou Premium. Ridículo isso.

Leave a Reply