Investigação Discovery prepara semana de estreias

A partir da próxima segunda-feira, 21 de agosto, o Investigação Discovery traz novidades para sua programação, sempre a partir das 21h30. São atrações inéditas que trazem reconstituições de investigações reais a partir de dramatizações e depoimentos exclusivos.

Segunda, 21 de agosto

Na busca por assassinos, mesmo a mais sutil das evidências pode ser crucial. O Som da Morte (Hear no Evil), às 21h30, recapitula investigações de casos de homicídio em que registros sonoros levaram à solução. No episódio de estreia, um veterano de guerra instala um sistema de gravação em casa para garantir a segurança de sua família. Em meio às comemorações do Dia de Ação de Graças, os gravadores revelam a sucessão de acontecimentos que culminou em um duplo homicídio. O áudio é fundamental para esclarecer o autor e seus motivos.

Também em Sequestrados: O Preço de uma Vida (Deadly Demands), estreia às 22h20, a produção parte de registros sonoros para reconstituir todo o drama, tensão e suspense das negociações em casos de sequestro. Os áudios reais são trazidos pela série, que também analisa as estratégias empregadas para a libertação de reféns. No primeiro episódio, Lois Platt recebe do filho uma aterrorizante ligação: ele está na casa da família em companhia de Larry Hill, um detento fugitivo com quem Platt trocou cartas anos atrás. Junto a um comparsa, Hill mantém a família de Platt refém por 36 horas.

911 – Quando a Morte Chama (Murder Calls), às 23h10, recapitula as investigações de crimes a partir das ligações feitas ao serviço de emergência da polícia. Quando as circunstâncias dos crimes ainda são um completo mistério, as informações e pistas contidas nessas chamadas podem fazer a diferença entre mais um caso sem solução e a captura do culpado. No primeiro episódio, um jovem pai liga para polícia e diz que acidentalmente disparou o revolver contra si mesmo – com ele na linha, as autoridades se apressam para o local indicado, quando um segundo tiro é ouvido junto ao último suspiro do homem.

Terça-feira, 22 de agosto

Às 21h30, é a vez de Facção Homicida (Muder Among Friends), série que mostra os bastidores das intricadas investigações de homicídios cometidos por mais de uma pessoa. Cúmplices se protegem e criam uma trama de intrigas e mentiras que desafia as autoridades. Na estreia da série, um jovem tem certeza e que vem sendo perseguido por um criminoso. Os amigos o ajudam a se esconder em uma casa abandonada. Quando o cadáver do rapaz é encontrado, todos se perguntam se o criminoso realmente existe ou se era uma fantasia que acabou sendo usada para ocultar o verdadeiro assassino.

Quarta-feira, 23 de agosto

Até Que Se Prove O Contrário (Reasonable Doubt) revista caso controversos em busca de brechas para a apelação. Na análise de cada caso estão o detetive aposentado Chris Anderson e Melissa Lewkowicz, advogada de defesa. Os dois auxiliam famílias desesperadas que acreditam que os seus parentes foram condenados injustamente. No episódio de estreia, Erick Westervelt alega ter sido coagido a confessar um assassinato em 2004; Chris e Melissa precisam revisar todo o caso, do inquérito ao julgamento, para saber se apelam ou se devem acabar com as esperanças da mãe do rapaz.

Quinta-feira, 24 de agosto

Rede de Suspeitas (Six Degrees of Murder) desvenda tramas complexas que sustentam casos de homicídio, crimes que unem pessoas com um rastro de sangue e violência. No primeiro episódio, o arquiteto talentoso David Madson foi encontrado morto no próprio apartamento, em Rush City, Minnesota; seu corpo estava enrolado em um tapete. Com o avançar das investigações, os detetives descobrem conexões improváveis entre David e outros crimes. Era 1997 e o assassinato de Gianni Versace, em Miami, chocava o mundo. O que o arquiteto e o estilista têm em comum? O mesmo algoz. A série será transmitida às 21h30.

Sexta-feira, 25 de agosto

Elas vestiram a carapuça, assumiram e encarnaram na vida real a péssima reputação que vem da literatura fantástica e dos contos de fada – mesquinhas e violentas, as Má-Drastas (Evil Stepmothers) foram capazes de atrocidades para tirar de seu caminho as pessoas que se colocaram como obstáculo a seus planos e ideais de família perfeita. Na estreia da segunda temporada, Debra Hartmann está fascinada com a vida próspera que seu novo marido, o empresário Werner Hartmann, pode dar. Mas há dois empecilhos: as filhas adolescentes de Werner. Estreia às 21h30.

Sábado, 26 de Agosto

Já em Casos Reais com Maria Elene Salinas  (The Real Story with Maria Elena Salinas), às 21h30, a jornalista Maria Salinas, que há 35 anos cobre investigações criminais, analisa crimes controversos e recentes, buscando novas evidências e trazendo outras abordagens. O primeiro episódio conta a história de Erin Belanger, jovem de 22 anos e recém-chegada a Deltona, da Flórida. Sem saber, Erin atrapalha os planos de um grupo de criminosos liderado por Troy Victorino. Assim se formam as circunstâncias do crime que ficou conhecido como o “Massacre de Deltona”.

Tony Harris também atua há mais de três décadas como repórter investigativo e em Na Cena do Crime com Tony Harris  (Scene of the Crime with Tony Harris), às 22h20, ele revista casos emblemáticos e refaz a trilha das investigações, destacando os vínculos e relacionamentos que constituíram o contexto dos crimes. No primeiro episódio, Harris vai à pequena comunidade de Constantine, Michigan, onde, em 2007, a pequena Jodi Parrack foi assassinada. A tragédia lançaria suspeita sobre todos em Constantine, incluindo a própria mãe de Jodi, e estremeceria os relacionamentos de uma comunidade conhecida pela colaboração mútua entre moradores. Foram oito anos de incansável investigação até que, após tentar atacar uma outra garota de Constantine, o verdadeiro culpado foi encontrado.

Um Comentário em “Investigação Discovery prepara semana de estreias”

  1. Gabriela Santos

    Cara Simone, o Investigação Discovery é o meu canal pago predileto, depois, vem O AXN, TNT e outros do Discovery Channel.

    Eu amo assistir a estas dramatizações de casos reais, por que, no final, os criminosos, raras as exceções, são condenados exemplarmente, ao contrário do que acontece, aqui, no Brasil, onde um bandido só falta ser condecorado pelo Presidente da República.

    E as histórias são fantásticas, surpreendentes e até inacreditáveis, parecendo que saíram da cabeça brilhante de algum roteirista de série de TV americano. É por isso que dizem que a arte imita a vida.

    Beijos, Gaby.

Leave a Reply