O Jardim De Bronze: El Hombre del Jardín (1×01)

Perder um filho. A partir do momento em que uma pessoa se torna pai ou mãe, esse se torna o maior medo dela. Segundos que se tornaram horas quando a criança não é vista em uma loja, um parque ou outro lugar público.

E são esses segundos terríveis que marcam os primeiros instantes de O Jardim de Bronze, primeira série da HBO Latin America Originals que ficou disponível quase simultanêamente na HBO e HBO GO do mundo todo, chegando a 50 países durante a semana de estreia no último domingo.

Adaptada a partir do romance de Gustavo Malajovich (ainda não lançado no Brasil), a trama da produção é centrada na busca de Fabián Danubio () por encontrar sua filha, desaparecida após deixar a casa da família com sua babá para ir a uma festa de aniversário. Sem qualquer pista ou rastro, Fabián é assombrado pelo acontecimento que marca os instantes iniciais do episódio, ocorrido na véspera do desaparecimento, quando a menina fica perdida por poucos minutos em um parque. Quando é encontrada por seus pais ela fala de um homem do jardim, de quem ela volta a falar no dia seguinte.

Após esperar pela menina na festa por horas e não encontrá-la no retorno a casa, Fabián procura pela polícia, onde o departamento de desaparecidos não tem os melhores resultados na resolução de casos. Além das dificuldades de casos assim, o primeiro episódio da série nos deixa a impressão de que os responsáveis pelo departamento também se sentem cansados de tantos insucessos.

Fabián e a esposa mergulham em semanas de incertezas sem que sequer uma pista seja encontrada ou que alguma das diversas linhas de investigação se mostre correta – a babá poderia ser o verdadeiro alvo de sequestradores? A menina teria sido sequestrada por alguém próximo? Poderia ter sido apenas um infeliz acidente?

A esposa de Fabián, que já lutava contra uma depressão que colocava em risco o casamento, não consegue lidar com a incerteza e se suicida, pulando da janela da sala do apartamento do casal.

Sozinho e diante da falta de respostas Fabián decide procurá-la por conta própria em uma missão que se transforma em uma obsessão permanente. Além dele, um detetive particular também se envolve no caso, interessado em receber a recompensa oferecida pela família.

Ainda no episódio de estreia é possível identificar mais algumas participações importantes: a detetive Blanco (Julieta Zylberg), recém chegada ao departamento de desaparecimentos, e a cidade de Buenos Aires. A busca por Fabián passa por ruas do centro antigo da cidade, pelo metrô, por seus parques. E nessas ruas que ele vence o desespero e, enquanto busca por sua filha, também descobre outros aspectos sobre si mesmo.

As linhas de investigação, os personagens e a paisagem urbana de Buenos Aires se misturam e complementam.

Recentemente ao falar do filme Neve Negra em meu outro blog, citei o diretor do longa, que o classificou não como um thriller policial ou um suspense, mas como uma tragédia familiar. Pois eu acho que os argentinos são muito bons em histórias trágicas e, pelo menos por este episódio, o Jardim de Bronze parece não fugir a regra.

O Jardim de Bronze foi realizado integralmente na Argentina e reúne grandes atores do país, como Joaquín Furriel, Luis Luque, Julieta Zylberberg, Gerardo Romano, Romina Paula, Mario Pasik, Claudio Da Passano e Alan Sabbagh. A série conta também com as participações especiais de Norma Aleandro e Daniel Fanego, dois dos maiores nomes da atuação na Argentina.

A direção ficou a cargo de Hernán Goldfrid e Pablo Fendrik, com roteiro desenvolvido pelo autor do livro Malajovich junto com Marcos Osorio Vidal. A direção de arte é de Marcelo Salvioli. Esta série original da HBO conta com a produção executiva de Luis F. Peraza, Roberto Ríos, Paul Drago e Néstor Hernández, da HBO Latin America Originals, e de Adrián Suar e Diego Andrasnik, da produtora argentina Pol-Ka.

A série contará com oito episódio de uma hora cada, exibidos aos domingos e disponíveis no HBO Go.

Leave a Reply