Bones: The Final Chapter: The Grief and the Girl (12×08)

Comecei o episódio um tanto frustrada achando que a despedida de Max seria mais um capítulo da vida de Brennan e Booth que não teríamos – aqui no Brasil normalmente o funeral é no dia seguinte à morte, e logo no início do episódio Brennan fala dos dias de folga e o retorno a rotina -, mas me enganei.

Ainda que eu continue achando a morte do pai de Brennan desnecessária, pelo menos os roteiristas nos ofereceram alguns momentos doces na despedida, mesmo que o mais tocante de todos tenha acabado acontecendo por conta do Booth lembrando do milk-shake especial do vovô do que de algo que Brennan tenha dito.

E eu também fiquei bem incomodada dela não conseguir se abrir com o marido e ficado tão próxima de Sully. Eu tenho horror a esses retrocessos que eles lançam aqui e ali para a Brennan.

Fiquei feliz de ver Sully de volta em um episódio desta temporada, ainda que ele não fosse umas das pessoas que eu realmente achasse que merecia uma nova despedida, mas não aqui e desta forma. E não ouvindo Brennan dizer que foi ele que a preparou para o Booth. Achei toda a situação bastante fora de propósito, mas vai que alguém aí acha que o personagem foi realmente importante na série…

Com o foco na despedida de Max, sobrou pouco tempo para o caso da morte de uma jovem americana. E não ajudou muito eles colocarem tanta coisa, incluindo uma longa viagem para Booth e Aubrey, carne de cervo, vikings em solo americano, especulação imobiliária e, no final, uma morte na verdade acidental disfarçada da pior maneira possível.

Cheguei a torcer para que fosse realmente por conta do tal enorme terreno, a moça descobrindo sobre o vikings e com isso a obra não podendo ser realizada. Acharia mais charmoso, ainda que não trouxesse nada de novo.

P.S. Eu trocaria o Sully pelo Russ, por exemplo. Achei absurdo ele não estar presente no funeral de seu pai.

Um Comentário em “Bones: The Final Chapter: The Grief and the Girl (12×08)”

  1. Cleide

    “mas vai que alguém aí acha que o personagem foi realmente importante na série…” o/ euzinha !!!

    Adoro o personagem e adoro o ator <3

    Carambaaa … o funeral sem o irmão da Bones foi um absurdo além de todo mimimimi da Bones em não se relacionar com o Booth, triste retrocesso.

    Ainda não me conformo pela série não fazer nenhuma menção ao vovô Booth 🙁

Leave a Reply