Rosewood: Secrets & Silent Killers (2×02)

Ao que parece, quanto mais uma situação incomoda a gente, mais coisas acontecem para nos lembrar dessa situação em questão. Acho que nem dá para chamar de coincidência, é o universo conspirando mesmo. Essa é a explicação para aparecer um cara morto que escondia tudo da esposa para atormentar as recentes descobertas de Villa sobre o próprio marido.

Quer dizer, na primeira metade do episódio, já que depois descobrimos que a moça também tinha seus segredos e um deles era planejar assassinar o marido desde o princípio.

No final das contas eram tantos os segredos que a coisa toda acabou empurrando Villa ainda mais para o lado de buscar a verdade, o que significou deixar que Rosie exumasse o corpo de Eddie, e com que Donna acabasse por contar toda a verdade sobre Gerard…

Como eu desconfiava, nossa Donna estava procurando uma forma de se sentir útil e resolveu mergulhar nas cartas que pedem ajuda ao Rosewood pois questionam o fato de terem sido condenados. Gerald fez um desses pedidos. O problema, como vimos bem no final, é que o caso dele com certeza não é nada simples: Gerald foi condenado como um assassino em série de garotas.

Olha, isso vai exigir estômago!

P.S. Pouco a pouco Pippy vai voltando para o laboratório. Acho que ela e TMI logo logo estarão juntas de novo – o problema é que TMI disse precisar se descobrir e não está fazendo nenhum esforço nesse sentido.

P.S. do P.S. O que o Slade pretende afinal com o Hornstock? E qual será o segredo que ele quer manter guardado? Ainda não sei se podemos gostar dele.

Leave a Reply