Chicago PD: Remember the Devil (4×17)

Definitivamente não foi um bom dia para Lindsay – e eu nem acho que seja culpa do Jay não, ainda que o episódio tenha acabado do jeito que acabou, a Lindsay estava de cara feia desde que o episódio começou. Saber que Jay já foi casado apenas foi a cereja do bolo para ela. E falo “já foi” porque eu acho que Abby estava mentindo a história toda e porque eu dúvido que o Voight não confira a ficha corrida de todo mundo de sua equipe, principalmente daquele com quem sua “filha adotiva” resolveu juntar os panos.

Do outro lado, talvez essa história da Abby tenha sido apenas para mexer com os dois (não achava nem um pouco necessário o Jay sair de casa), talvez tenha sido uma forma de introduzir o passado do Jay que, pelo que disse, pode ter sido um tanto tumultuado antes dele chegar em Chicago.

Será que eu seria considerada muito chata se eu dissesse que não estou nem aí para isso? Talvez eu esteja maio traumatizada com a forma como as coisas acabam acontecendo cada vez que eles cavocam o passado de alguém.

Photo from the episode "Remember The Devil"

Outro que já teve dias melhores é o Olinsky, que ainda está em processo de luto por sua filha. Eu realmente acho que ele não devia nem ter passado perto de um caso que incluía duas garotas da mesma idade da filha sequestradas, mas eu também entendo a ideia de que se manter produtivo é a melhor forma de não se deixar levar pela dor.

Na verdade, Chicago PD também já teve dias melhores do que esse, não é mesmo? Que caso mais doido! Primeiro a guria presa no contêiner sem querer sair, depois o monte de pistas que não levavam a lado nenhum e então descobrimos que a velhinha viúva na verdade era a “mente criminosa” por trás de tudo? Bom, ou eu perdi algo ou definitivamente a coisa ficou confusa e acabou que eu não entendi como saímos do ponta A para o ponto B.

P.S. Platt se oferecendo para ser a pessoa com quem o Olinsky não precisa falar sobre o luto. Melhor pessoa.

P.S. do P.S. Tá, Ruzek também ganhou pontos por causa do abraço.

P.S. do P.S. do P.S. Eu sinceramente não entendo porque alguém acharia que Voight está blefando. A cara dele não deixa dúvidas. Gostei de ver a senhora assassina com o curativo na mão.

 

3 Comentários em “Chicago PD: Remember the Devil (4×17)”

  1. Andréa Lima

    Achei o episódio muito confuso. Até agora não entendi a motivação dos criminosos e não entendi o Jay saindo de casa.

    Espero que Chicago PD, não comece a tornar-se uma série boa que ficou enfadonha.

  2. Cleide

    As cenas com a Burgess estão escondendo a gravidez da moça, a criatividade para esconder é muito grande !

  3. Marcio

    Bom de mais

Leave a Reply