Rosewood: Badges & Bombshells (1×22)

Em um nível de 00 a 10, onde o 0 é feliz da vida, 10 é completamente decepcionado e 9 é bastante decepcionado, qual é o seu nível de descontentamento com o episódio que encerrou a primeira temporada de Rosewood?

Eu simplesmente não consigo decidir entre o 9 e 0 10! Do final do noivado de Pipy e TMI, à cena final de Rosie e Villa, passando pelo querido capitão entregando seu distintivo, foi uma sequência de “eitas” aqui em casa. A sinopse já indicava qual seria a questão entre Rosie e Villa – na verdade eu achava que ele ia descobrir que o marido dela ainda estava vivo, não lembrava que ele morreu ao lado dela – e eu já estava de nariz torcido desde então.

Porque é isso que acontece com todo casal de série policial, já perceberam? Um tem um segredo/problema/assunto não resolvido do passado, o outro resolve investigar por conta própria, o primeiro p da vida e manda que o segundo saia da vida dele e os dois ficam infelizes… Até que um precisa salvar a vida do outro ou de alguém que liga os dois e eles acabam voltando a ficar juntos.

Como a segunda temporada já começa nesta quinta vocês poderão comprovar se esse último trecho da frase acima é verdadeiro ou não.

Agora os dois outros desfechos foram inesperados e no caso do final do noivado, dos mais estranhos, sem sentindo para mim. Por mais que TMI tenha feito todo aquele discurso sobre ela se definir por outras pessoas e não sei o que mais, é evidente que as duas se amam muito e que esse término não era necessário.

Ainda mais se considerarmos que eles também criaram mais um gancho com a tal história da Donna visitando Gerard na cadeia depois de passarmos o episódio todo acreditando que ela tinha arrumado um namorado novo. Minha primeira aposta é que a tal visita ao Gerard não é por amor, mas por algum segredo do passado. Vocês tem opinião formada?

Por últimos temos a questão do Capitão e seu passado. Ao que parece na verdade o caso da noite, a investigação da morte de um jovem advogado que havia descoberto uma conspiração entre um juiz e a manutenção de uma prisão privada, existiu apenas para que o tal segredo do capitão fosse trazido à tona quando ele foi chantageado por um assassino profissional.

Eu realmente prefiro não pensar que ele realmente deixará a série porque, como eu já disse antes, realmente gosto do personagem.

E sim, você não está enganado, esta história de juiz e prisão privada já foi vista antes, mais de uma vez e não há muito tempo.

Prontos para a segunda temporada?

Leave a Reply