The Blacklist: Isabella Stone (No. 34) (4×13)

Melora Hardin é tão sofisticada e charmosa que eu me senti triste por sua personagem ter participado apenas deste episódio. Sua Isabella Stone estava a altura da elegância de Reddington, não estava?

Do outro lado: como ele sofreu nestes últimos episódios não é? A cada perda de um aliado eu via Red mais triste e ele me parece ser aquela pessoa que absorve as perdas, fica mais pesado com cada uma delas. O momento em que ele tenta salvar Stratos você vê isso claramente.

Talvez seja isso que Dembe enxerga e que o fez comentar que seu amigo cada vez chega mais perto da morte. E não é a questão de se arriscar mais, mas de deixar de enxergar os riscos.

Pois bem, Isabella não falou com o FBI, mas não tenho dúvida de que Red conseguirá arrancar dela a verdade sobre o plano de acabar com ele e apenas torço para que quem planejou isso esteja a altura dele para o duelo.

Em paralelo tivemos a surpresa de descobrir sobre o pai de Tom – o filho do Locke não podia ser tão diferente… brincadeira – com a sua morte. Como nada aqui é o que parece eu nem sei se ele realmente está morto, até porque a escolha de um ator como Terry O’Quinn para apenas aparecer uma foto seria um verdadeiro desperdício.

A morte acaba fazendo com que Tom resolva revisitar seu passado e provavelmente ele irá atrás da mãe dele agora.

Músicas do Episódio

Shake a Leg – AC/DC

Before I Sleep – Marika Hackman

P.S. Cena super linda do Red dando o relógio cuco para a pequena Agnes.

Um Comentário em “The Blacklist: Isabella Stone (No. 34) (4×13)”

  1. Cleide

    Exatamente …. você fez o que eu tenho feito muito nas séries, quando vi o Tom olhando para a foto do pai eu só consegui ver o Locke ou o Joe White de H50, e com certeza colocar o Terry O’Quinn para aparecer numa foto não faz sentido.

Leave a Reply