Supernatural: The Raid (12×14)

Ao que parece os Homens das Letras podem ter todos aqueles equipamentos e em teoria serem chiques estudados e eficientes, mas, além de isso poder subir a cabeça e os deixar um pouco descuidados, existem coisas que apenas o conhecimento prático, o mão na massa, podem resolver.

Pena que nem mesmo Mary é capaz de enxergar isso. Sei que ela está enfrentando dificuldades por ter voltado a vida e ver os meninos crescidos, mas ainda estou tentando entender o deslumbramento dela com os Homens das Letras e com o que eles oferecem, ainda mais considerando que ela disse que na verdade não queria continuar na vida de caçadora. Além do fato de eu não entender como ela consegue ficar tão distante dos meninos, tão indiferente.

Mais “coração aberto” do que eu, Sam resolveu dar uma chance para a mãe e conhecer o que ela estava fazendo e onde. Sem nem imaginar que o “chefe” dos Homens das Letras faz tanta questão da participação dos dois na ação nos Estados Unidos, sem que nem mesmo a mãe deles saiba, e passa por algo semelhante a um processo de seleção, com todo mundo tentando agradá-lo.

Dean se manteve firme na teimosia e ficou no bunker, acabando surpreendido pela visita do senhor Ketch e um whisky de dezenas de ano. Não temos dúvida alguma de que eles pesquisaram bastante sobre os meninos para chegar com um presente tão adequado.

Enquanto os dois bebiam, o esconderijo foi invadido pelos vampiros que os Homens das Letras diziam poder arrasar facilmente e Sam teve bastante trabalho para dar conta do recado considerando que ninguém ali além dele e Mary tinham enfrentado monstros para valer.

Se ele teve trabalho para resolver, bem, ele ganhou um momento e tanto: usar a Colt depois de tantos anos. E, diga-se, que uso!! A forma como ele consegue a bala para a colt, a cena que nos explica esse como foi um dos melhores momentos da série.

E ele explica porque ele resolveu dizer que está com eles no protege de eliminar o sobrenatural do mundo.

P.S. Não consigo confiar no senhor Ketch e isso vai além do fato dele matar tudo que for necessário para não deixar pontas.

P.S. do P.S. Dean não vai gostar nada nada desse negócio do Sam seguir o caminho da Mary….

2 Comentários em “Supernatural: The Raid (12×14)”

  1. Cleide

    Que show foi esse episódio !!!

    Esses meninos me dão muito orgulho o que nunca vou entender da Mary ficar longe deles.

    Eu como maníaca por séries tive uma Reunion de ver o Chefe Tyrol que era o caçador e o cylon number 4 como o Vampiro Alfa, os dois foram de Battlestar Galactica. Só cabeça minha mesma hehehehehhe

Leave a Reply