Criminal Minds: Surface Tension (12×11)

“Nós devemos nos lembrar que o Diabo tem seus milagres também.” – John Calvin

Surface Tension trouxe um dos mais bizarros – e mais difíceis de entender – casos de Criminal Minds até aqui: um rapaz que obriga pessoas boas a se matarem para então se livrar dos corpos como uma espécie de agradecimento ao inferno que levou os pais que abusavam dele.

A equipe teve bastante dificuldade para descobrir o que acontecia, ainda mais pela falta de sentido na escolha das vítimas e por não entenderem a importância que o local onde os corpos eram desovados tinha tanta importância para o assassino.

Coisa que apenas nosso gênio Reid pode fazer a ligação e olha que ele nem ao menos estava em um de seus melhores dias.

Isso porque Reid está enfrentando seus próprios demônios agora.

Depois do fracasso do tratamento alternativo para sua mãe, Reid resolve levá-la para casa ao invés de para uma clínica, algo que alguém tremendamente racional como ele jamais faria e que é a maior amostra do quanto nossos sentimentos pessoas podem prejudicar as decisões que tomamos.

Reid está assustado pela forma como a doença de sua mãe avança e está assustado pela perspectiva de que isso um dia o afete. E daí que ele passe a vida na tentativa de entender como a mente de um psicopata funciona quando ele não consegue encontrar uma forma de manter a mente de sua mãe funcionando.

O desespero dele fica claro pelo menos duas vezes: quando ele abraça a cuidadora e quando ele entra em desespero por sua mãe jogar na privada a medicação que ele estava dando. E que não é a medicação que o médico prescreveu. Confesso ter ficado bastante assustada pela ideia de que Reid pode estar tentando algum remédio alternativo em sua mãe e isso apenas estar piorando tudo.

“O tempo se move em uma direção, a memória em outra.” – William Gibson

3 Comentários em “Criminal Minds: Surface Tension (12×11)”

  1. Cleide

    Fiquei com meu coração dolorido ao ver o Reid cuidando de sua mãe.

    A atuação da Jane foi maravilhosa com as diferentes facetas apresentadas pela mãe do Reid.

  2. Tati Siqueira

    nossa me doeu muito o tapa q ele levou……muita dó do meu amor <3

    1. Cleide

      e a cada mudança da mãe o Reid levava um soco no estômago, tenha dó !

Leave a Reply