NCIS New Orleans: Collateral Damage (2×21)

É sério gente, o Pride precisa de amigos melhores. Se não é corrupto é alguém que joga um problemão no colo dele e depois não está interessado se ele disse a verdade ou não sobre algo, apenas quer poder culpar alguém pela própria desgraça.

Ah, e agora além da milícia o agente do NCIS vai precisar se preocupar com o pessoal do exército querendo comer o fígado dele.

Além disso, a morte de nosso assassino nos indica que tudo que eles achavam estava errado. Junte isso ao tal vazamento das informações do caso e eu começo a pensar que o tempo todo o alvo foi o Pride.

Algumas coisas do episódio foram confusas para mim, como o motivo do general não poder ficar com a tal moça. Eles não eram comandante e comandado e em nenhum momento se falou dele ter uma esposa… O que eles fizeram, do outro lado, com o tal acesso as informações confidenciais já é outro assunto, mas nada disso era sabido quando a morte dela  aconteceu e a investigação começou.

Agora, se tudo na verdade era um jogo para acabar com Pride, o tal amigo de infância estaria envolvido? Se sim, o escândalo que ele faz no bar não tem sentido…

A grande verdade é que a esta altura eu não vejo sentindo em boa parte das coisas que aconteceram no episódio…

Destaque fica então para o LaSalle interagindo com o pai da vítima. LaSalle teve uma temporada de altos e baixos, o episódio passado foi um baixo, mas esse lado humano dele sempre me agrada.

P.S. Cadê a Sonja, gente? Sumiu de novo?

 

Um Comentário em “NCIS New Orleans: Collateral Damage (2×21)”

  1. cleide

    Sumiram com a Percy e com o Patton !!!

    Eu adoro o Nicholas Lea e meus olhos brilharam ao vê-lo, mas caracoles sempre colocam o moço de vilão :/

    Só eu que reparei, a Brody usando sapatos com saltos altos justo na hora que persegue o bandido o salto some 😮

    E pra minha surpresa o bar do Pride está a todo vapor !!!

    Nem falo nada dessa confusão que foi o encontro entre a vítima e esse grandão militar …. afff

Leave a Reply