Bates Motel: The Vault (4×06)

O quanto pode nos restar de esperança? Essa é uma das coisas que sempre me pegam ao assistir Bates Motel. Graças a uma excelente construção de seus personagens, a série faz com que passemos boa parte do tempo torcendo para que mudem o final de suas histórias. Para que eles possam encontrar alguma felicidade, que o dia não amanheça tão escuro sobre a cidade de White Pine.

The Vault mexe mais do que nunca com essa nossa esperança ao mostrar o passado da relação de Norman e Norma, do porque eles tem essa dependência tão pouco saudável. Norman pode ter matado seu pai, mas isso só depois dele ter quase destruído tanto a ele quanto a sua mãe.

E para Norma isso foi ainda mais complicado: com pais distantes e um irmão que abusou dela (ainda que em alguns momentos ela mesma ache que o amou), Norma sente dentro de si a impossibilidade de final feliz. Provavelmente ela se agarrou a chance de pelo menos ter alguém que cuidasse dela quando conheceu o pai de Norman, mas fracassou em sua escolha e então ela se culpou. Culpou pela escolhe, culpou pelo pai que ela acabou dando a seu filho.

Então ela passou a acreditar que no mundo apenas ela e seu filho poderiam proteger um ao outro. Ela se enterrou em mentiras, ela fugiu do passado, ela tentou se manter superficial, não deixar ninguém chegar perto demais.

Só que agora ela deixou. Ela conversou com Romero e, gente, ele realmente a ama. De novo eu me vejo com a garganta fechando porque quero tanto que os dois fiquem bem e tenho tanto medo do futuro dos dois. Tanto.

Bates Motel The Vault 4x06 s04 e06

Acho que é por causa desse medo que eu me apega à chance de que Norman realmente melhore. Ele já consegue enxergar a conexão entre suas estranhas conversas com sua mãe e os seus blackouts. O problema é que no momento em que ele entender tudo ele também entenderá que foi ele que matou aquelas pessoas e isso é o tipo de verdade que pode destrui-lo de uma vez.

P.S. Cada vez mais preocupada com o destino do doutor também, viu?

P.S. do P.S. O que foi aquela descrição do que o pai de Norman fez com a esposa? Triste, triste, triste.

P.S. do P.S. do P.S. Norma e Dylan também tiveram uma cena extremamente difícil. Na verdade acho que a relação dos dois foi a segunda que mais cresceu episódio a episódio – a primeira é a de Norma com Romero.

 

Um Comentário em “Bates Motel: The Vault (4×06)”

  1. Magda Gitter

    Acho atualmente uma das melhores séries na TV, os personagens são muito bem construídos e as interpretações impecáveis. Tanto torço para que mudem o final da estória pois Norma realmente merece um final feliz.

Leave a Reply