The Librarians: And the Final Curtain (2×10)

Estou até vendo a carinha de vocês fãs de Doctor Who tendo um momento dejá vú quando Eve e Finn são encontrados transformados em estátua pelos demais bibliotecários e Jenkins depois que ele abrem uma câmara escondida dentro da própria biblioteca. Por muito pouco eu não achei que aquele estátua se transformaria em Rory e Amy.

Bom, mas esse já é o final do episódio que encerrou a segunda doce temporada de The Librarians, com direito a viagem ao passado, Shakespeare, muita magia e o grupo de amigos conseguindo trabalhar juntos ainda que separados por centenas de anos. Ah, e um beijo de quatrocentos anos não é nada desprezível.

The Librarians And the Final Curtain 2x10 s02e10

E um episódio que comprova que a maior função da série é nos entreter por aqueles quarenta minutos, nos fazer esquecer do mundo real e embarcar numa viagem em que rimos quando Eve reclamou da sujeira e do cheiro do pessoal da era medieval, em que ela é considerada homem simplesmente porque cresceu demais, ou de Flynn “se achando” só porque é um fã que sabe Shakespeare de cor.

Confesso que até mesmo o sacrifício de Moriarty me doeu um pouquinho, ainda que eu soubesse que seu lugar é nos livros e que na verdade ele é odioso e queria matar Shakespeare, ou seja, queria usar a solução mais fácil.

Ah, ainda tivemos os retornos muito felizes da dama do lago, que entregou à Eve a espada de Excalibur, nossa querida Cal, que, em plena forma, acabou sendo usada por Flynn uma segunda vez e, assim, salvando a Inglaterra.

E a promessa de que ele ficará mais tempo conosco na próxima temporada.

2 Comentários em “The Librarians: And the Final Curtain (2×10)”

  1. Cleide

    foi adorável assistir este final, a Eve esteve linda a temporada inteira

Leave a Reply