Scandal: The Last Supper (4×08)

Mais um daqueles episódios em que eu penso: acho um sarro o povo falando do quanto Olivia Papo é competente enquanto eu olho e vejo ela enfiando os pés pelas mãos, de novo.

Sim, porque Papo, Quase-Kennedy e Jake-bonito-mas-bobinho acharam que iam arrasar com o Papa-Pope, levá-lo a julgamento e fazê-lo de trouxa e ele ali, com todas as cartas na manga, sumindo com os documentos que o Jake roubo – antes tivesse deixado com o David – e dando um Olé na filhota boba.

Scandal 4x08 s04e08 David

Gente, é o quarto ano em que esse homem faz todo mundo de bobo e eles tem coragem de se dizer espertos, tsc tsc.

O episódio valeu por isso e valeu pelas surpresas que ele trouxe para o resto o elenco: a Calopsita tem um caso com o vice-presidente que voltou a ter um caso com a Mellie – decepcionei com ele, achava que ele era um cara legal, nhé -, mas está sendo enganada pelo moço que ela enviou para o Cyrus.

E o Cyrus, coitado, tá todo perdido mesmo. E é justo, porque eu não sei como ele consegue viver carregando a culpa de ter sido quem causou a morte do próprio marido.

E o Huck fez a maior besteira da década, maior até que a doi trio lá do primeiro parágrafo, ao levar seu filho para uma tocaia com ele. Sério, do momento em que a cena corta para eles eu só pensava “vai dar merda”, mas nem eu podia imaginar algo tão grande assim: não o menino não se feriu ou foi sequestrado, mas viu o próprio pai matando um cara.

Alguém me explica como que isso seria resolvido porque eu acho impossível. Completamente impossível.

2 Comentários em “Scandal: The Last Supper (4×08)”

  1. Jaqueline

    Eu não sei de onde tiraram que a Olívia Papo é uma profissional tão competente, pois vai dar mancada assim… O bom da série é ver ela ter que engolir a própria arrogância vez após outra.

Leave a Reply