4 Comentários em “Blue Bloods: Thanksgiving (02×08)”

  1. cleide

    ahhhh eu adorei o Jacob e seu modo Robin Hood de ser :D

    adoro o ator Frederick Weller que comecei a apaixonar em In Plain Sight como o Marshall Marshall Man e que já apareceu pelas bandas de The Good Wife fazendo o Will sair no mano a mano com ele

    é lindo ver uma família como os Reagans …. mesmo existindo tantas familias disfuncionais em séries é maravilhoso ver alguma normal de vez enquando :)

  2. Libriane

    Foram tantos “args” que nem sei por onde começar… (realmente para a minha loucura, amiga) rs

    – Como é isso? Só pq o namorado mentiu para a polícia e estava na cena do crime, é então o culpado? Se ele não confessasse não teriam, realmente, como saber. Até imaginei que o machucado no seu dedo indicador diereito fosse alguma prova de DNA, mas nem isso seria o suficiente uma vez que eram namorados.

    – Acho Frank muito “boça” quando fala com o Prefeito, não sei se gosto da postura.

    – Adorei Erin ter um namorado como White Collar, só quero ver como isso irá acabar.

    – Não sei não, mas pq os bisnetos estavam no hospital no momento da cirurgia? Acho que nenhum dos 3 estuda e, convenhamos, hospital não é lugar para crianças (a não ser que estejam doentes).

    – Vamos cmbinar? Pra quem é idoso e acabou de fazer uma cirurgia, digamos, “complicadinha”, a recuperação do Pop foi muito rápida. Há menos de 1 mês foi retirado a minha visísula e eu nem queria saber de me levantar da cama.

    – E finalmente, nada mais ridículo do que aquela mesa posta pra toda a família. Que eles ainda comessem pratos feitos no apartamento do hospital, vá lá, mas todo aquele requinte? Foi tudo muito, muito fora da realidade… Eles nunca ouviram falar sobre infecção hospitalar? E as famílias dos outros pacientes que estão sofrendo por quem está internado? NÃO GOSTEI MESMO.

    – O ponto alto do episódio foi Frank estar emocionado ao chegar no hospital, tuas palavras foram certeiras, “contido e emocionado”… Foi uma cena bem difícil de fazer, acredito.

    – Sobre a conversa de Frank com Renzzuli, entendi o lance que explicastes acima sobre o Sargento ser um exemplo para o filho, entretanto eu pensei que Renzzuli fosse assumir a culpa e tirar daquele pai a preocupação, ou será que Renzzuli entendeu que aquilo tudo era uma indireta?

Leave a Reply

Connect with Facebook